Fisioterapia: O início de uma Cruzada!

Posted on Posted in Cotidiano, Terapias

Hoje (em pleno dia de semana!) eu e Cida (minha esposa) fomos à praia sem as crianças. Ambos de folga, Nicolas foi para escola e Analice ficou com a Daniele. Pegamos um ônibus tranqüilamente, caminhamos até a areia, estendemos a canga e pronto! Descanso!!! E no descanso dormi. E ao dormir sonhei! Sonhei com o Nicolas quando era pequeno. Mas precisamente com 9 meses. Foi nessa época que colocamos ele na Fisioterapia. O início de uma Cruzada!

Decidimos pela Fisioterapia após algumas frases da minha sogra como: “esse menino ainda não está sentando!” “Ele não está se segurando na banheira!” Enfim. Depois de literalmente passar por 3 pediatras, acabamos optando por uma clínica de tratamento de traumas e ortopedia no nosso bairro, porém teríamos que pegar ônibus para chegar lá. Na época o Nicolas não andava. Nem ficava de pé! Aliás, nem sentar direito ele ficava. E ele andar, para a gente era uma boa meta!

Foi uma época difícil, pois não tínhamos muitas informações sobre o quadro do Nicolas, fora o fato de sermos marinheiros de primeira viagem, cada coisa que Nicolas não fazia, ou fazia diferente das outras crianças para nós era uma loucura! Cada vez mais nos escondíamos do mundo!

Passaram-se alguns meses, muita massagem, muitos exercícios e nada do Nicolas andar. Foi então que aos 1 ano e 7 meses, após 6 meses de muita ralação Nicolas deus os seus primeiros passos.

Ainda lembro do quanto o Nicolas detestava as seções de Fisioterapia. Ele nunca foi de chorar. Mas reclamava um pouco. E eu sempre levava o Nicolas pro que eu chamo de trabalho sujo! Tipo injeções, supositórios, cortar a unha, enfim, tudo que não era glorioso eu era o responsável. E nessas atividades estava a Fisioterapia. Mas aí chegou o dia que o Nicolas reclamou. Ele olhou para mim de um jeito tão sofrível, que não consegui mais levá-lo, e num corte seco e sem despedidas ou explicações tiramos o Nicolas da Fisioterapia. Covardia? Medo? Não sei… mas isso é assunto para um outro artigo!!! Até lá!!!

One thought on “Fisioterapia: O início de uma Cruzada!

  1. ontem decobri uma maneira de falar espera pro gabriel e ele entender e gostaria de compartilhar com voces. desculpe se estou sendo invasiva e que e a primeira vez q tenho a oportunidade de compartilha com algem q tambem tem um filho asperger.eu estano no computador e nao tinha hora prevista pra terminar o q estava fazendo e o gabriel estava impaciente porq ele queria ficar (e a mania do momento) e nao entendia q nao era pra ficar toda hora perguntando se ja tinha chegado a hora dele( a cada cinco minutos ele vinha e ferguntava e chorava porque eu nao ia ceder o computador para ele naquele momento. peguei uma folha de caderno fiz 3 quadradinhos e falei para ele q cada vez q ele perguntasse eu ia marcar um x e se preenchesse os
    3 ele nao ia jogar no computador.os intervalo da pergunta aumentaram e ele preencheu 2 dos quadrados qdo viu que so faltava um ficou sentadinho na porta do quarto esperando eu chamar, no outro dia nao precisou fazer nem um x ,so fiz o dezenho e ele entendeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *