Na religião o Amor não devia estar acima de tudo?

Posted on Posted in Preconceito

Nunca fiz um artigo sob a energia de revolta por aqui, porque esse nunca foi o intuito desse canal de comunicação. Eu posto situações cotidianas de lutas e conquistas; de batalhas e vitórias! Faço isso porque acredito que a troca que fazemos aqui engrandecem os pais, as crianças e a sociedade como um todo! Faço de coração mesmo porque acredito que conversando a gente consegue muita coisa. Consegue entender as diferenças, as dificuldades e a emoção de cada um!

O que me motivou a escrever esse artigo foi uma notícia que a minha esposa me sinalizou. Ela estava na habitual leitura na comunidade “Desabafo de pais” no Orkut quando se deparou com uma fatídica história real. Os jogadores do clube Santos (SP) foram no último dia 03/04/2010 vistar e entregar óvos de Páscoa na instituição Mensageiros da Luz que trata crianças, adolescentes e adultos de ambos os sexos, com deficiência, especificamente paralisia cerebral. Até aqui uma atitude muito nobre e bonita. Principalmente por que são pessoas públicas e sempre trazem à estas instituições muita alegria e enorme astral em suas visitas.

O problema é que uma boa parte do elenco se recusou a entrar na instituição por se tratar de um lar espírita! Isso mesmo amigos! A diferença de religião falou mais alto do que a caridade que o clube se propôs a fazer no momento da Páscoa! Alegação? “– Só ficamos sabendo quando chegamos ao local que se tratava de um ambiente espírita. Cada jogador tomou a atitude que achou conveniente, e acho que a religião de cada um precisa ser respeitada.” disse Robinho em entrevista à TV Bandeirantes.

É inacreditável que num mundo onde cada dia mais as pessoas assistem na TV e Internet onde mostram que a guerra religiosa só mata e não une nnguém, pode tomar uma atitude impensada como essa. Ok, ninguém morreu, no total 11 jogadores participaram do evento e deram óvos de Páscoa para as pessoas levando alegria, sorrisos e amor. E aí eu me pergunto: Na religião o Amor não devia estar acima de tudo? Sinceramente fiquei decepcionado com o grupo, mesmo sabendo que opção religiosa é um Direito ialienável de cada pessoa. Mas se recusar a fazer caridade por causa de conflito de relegião é ignorância na minha cabeça!

Para finalizar gostaria de me dirigir aos jogadores que se recusaram a descer do ônibus e perguntaria para cada um deles. As crianças da foto abaixo paracem professar qualquer tipo que seja de religião se não de vida?

Lar mensageiros da Luz
http://www.mensageirosdaluz.org.br
Rua Cunha Moreira, 47, Santos, SP
Telefones: (13) 3223-1629 ou (13) 3233-6804 – FAX (13) 3224-2606

One thought on “Na religião o Amor não devia estar acima de tudo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *