sobre-o-video-do-aluno-quebrando-a-sala-de-direcao-em-macae-rj

Sobre o vídeo do aluno quebrando a sala de direção em Macaé-RJ

Posted on Posted in Escola

Onde há fumaça, há fogo.

Analisar um vídeo assim, sem saber o contexto, além de pouco-científico, é acima de tudo irresponsável, mas de uma coisa todos nós temos certeza, uma criança não agiria dessa forma.

E percebam que na minha frase eu não usei a palavra “normal” para expressar a minha opinião.

NENHUMA criança agiria assim, se não houvesse algo de errado. Meu filho tem Síndrome de Asperger, e mesmo que ele confunda expressões faciais, ele SABE quando há algo de errado na minha fala, e eu sei quando há algo errado com ele. Sei quando ele está triste, ansioso, frustado, entendiado ou mesmo triste.

Aquela criança estava MUITO triste e foi MOTIVADA pelos seus sentimentos a reagir daquela forma. Se por falta de educação, mimo, ao outra coisa qualquer, o fato é, onde há fumaça, há fogo!

Eu vi muitos comentários do tipo “se fosse comigo, apanhava de vara de marmelo”, “isso é falta de surra” e afins, e nem vou levar em consideração, pois se você não consegue perceber que o mundo evoluiu, nem deveria estar lendo esse post, seu objetivo é ver o circo pegar fogo!

Há sim, algo errado na vida dessa criança. Na matéria feita pelo telejornal da região a pedagoga da escola disse que era a segunda vez que o “surto de raiva” acontecia. Ora bolas, se já aconteceu antes, será que a escola já conversou com a família? Se conversou, qual foi a percepção do que pode estar motivando esse comportamento? Se soube a causa, como agiram numa solução?

Agora, se nada disso aconteceu, e o que motivou a escola a filmar e publicar o vídeo sem a participação ou autorização do responsável foi apenas para salvaguardá-los de futuros problemas, ou um desabafo sobre o sentimento de impotência de uma situação refém, sinto muito, a escola ERROU FEIO!

Antes de qualquer coisa, errou em não entender como a Internet funciona.

Expor a imagem de um MENOR de idade, além de ILEGAL é IRRESPONSÁVEL! Imagine o que um sociopata pode fazer mesclando aquele vídeo com algo muito mais deplorável como pedofilia!

Errou porque não sabem como agir numa situação como essa

Então quer dizer que nenhum dos profissionais dessa escola já teve que lidar com um aluno com problema de comportamento independente da natureza? E o que dizer da direção da escola, será que é mal preparada, capacitada ou “é tudo assim mesmo, essa geração de hoje em dia é fogo!”???

Errou em pedir ajuda da pior forma possível

Claro que todos nós sabemos dos desafios de educar nossas crianças numa época em que nós vivemos! A Internet está aí para ajudar, mas também está para prejudicar. Trazer o debate sempre é útil para a sociedade, mas não foi isso que aconteceu. No vídeo, o discurso fica claro que o objetivo foi apenas se safarem de algo pior e não focaram em EDUCAR a criança.

Em nenhum momento ouvimos frases do tipo “fulano, não faça isso que é errado”, ou “é assim que você quer agir, como uma criança que não sabe se comportar”. O TEMPO TODO só ouvimos “larga ele, fazer o que?”, “Deixa ele quebrar, a mãe dele vai pagar tudo depois”, é essa a pedagogia da escola?

Eu tenho dois filhos (um de 15 e uma de 10) e infelizmente não vejo uma luz no fim do túnel para escola no que se refere ao momento atual que vivemos. Não, esse vídeo não representa a educação brasileira, mas é cada vez mais frequente e o que vemos é uma escola refém, inapta e pior de tudo, conformada! E nessa conta eu TAMBÉM incluo MUITOS pais, que acham que a escola é lugar para EDUCAR seus filhos, quando na verdade a obrigação é deles próprios.

Se todos trabalharem com consciência em prol do livre pensamento das nossas crianças, quem sabe, as futuras gerações jamais verão cenas lamentáveis como essa.

2 thoughts on “Sobre o vídeo do aluno quebrando a sala de direção em Macaé-RJ

  1. Belos comentários! difícil ver alguém comentando com esse caso de forma racional. Infelizmente digo que esse não é o primeiro e nem vai ser o último caso de “rebeldia” em escolas. A qualidade do ensino das escolas pública ou estadual é DEPLORÁVEL, e isso se tratando da região sudeste , imagina agora você em outras regiões ?
    infelizmente estamos caminhando a passos largos para coisas piores

  2. Rafael, nem acho que esse caso seja de “rebeldia”.
    Para mim ficou claro que há algo errado na vida dessa criança, e a reação dele é fruto de algo que não aparece no vídeo. Sobre o nível de qualidade das escolas, é uma obrigação nossa enquanto sociedade exigirmos um debate mais amplo pela melhorá-la.
    Mas sem educação dos pais, isso NUNCA acontecerá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *